Tendências nas empresas em 2022

03 Dezembro 2021
Tendências nas empresas em 2022

Tendências nas empresas em 2022 – Três conceitos a ter em mente para o próximo ano

Tendências nas empresas em 2022 é um tópico que decerto está na mente de muitos, agora que chegámos ao fim de mais um ano. Como tal, de modo a enfrentar os desafios futuros é crucial ter uma ideia da maré que o mundo empresarial vai encontrar já ao virar deste mês.

Em especial, falamos das mudanças enormes que se esperam no digital e na tecnologia e que ainda hoje se estão a dar. E também da capacidade de adaptação das empresas, em especial as de pequena dimensão. Que o esforço para conseguirem recuperar após os golpes pesados da pandemia, não tire agora o folgo para o que aí vem.

Porque se há perspetiva que a ‘normalidade‘ esteja para breve, é crucial não cair na armadilha de retornar a práticas anteriores.

Portanto, resumimos algumas das tendências empresariais que estão a ser observadas globalmente. Tendências que poderão dar-lhe uma vantagem no próximo ano de 2022. Vamos conhecê-las?

Para sua comodidade, navegue rapidamente para as três tendências nas empresas que observamos para 2022:

Bem-estar dos colaboradores | Pensar em grande | O mundo digital


1 – Bem-estar dos seus colaboradores

Não é segredo que estes últimos anos têm sido complicados, e hoje em dia mais do que nunca é fulcral para qualquer empresa cuidar dos seus membros.

Como tal, inteligência emocional, transparência e empatia deixam de ser luxos e passam a ser habilidades poderosas para o dia-a-dia de cada empresa.

Não é desconhecido que muitos países estão a enfrentar crises de escassez de trabalhadores. Devendo-se em grande parte, segundo peritos, à priorização de objetivos e produtividade sobre o seu bem-estar.

A sugestão é adotar o lema “Se perguntarmos ‘Como estás?’ é porque queremos mesmo saber.”

E aproveitando esse lema, relembrar que a saúde mental no local de trabalho não deve ser descurada também, isto devido aos vários desafios que se enfrentam correntemente, seja das faltas de material, trabalho remoto e etc.

É também importante reforçar que politicas e medidas que ajudem a prevenir e colmatar efeitos nocivos à saúde mental dos colaboradores irão aumentar o seu engagement no trabalho, produtividade e evitar que a taxa de rotatividade se eleve.

Dica: Para manter a taxa de rotatividade baixa, manter um local de trabalho cujo foco seja na família irá ajudar imensamente. Durante estes últimos anos, em parte devido ao trabalho remoto, foram muitos os que reconsideraram o que mais valorizam na vida.

Perante isto, os responsáveis de pequenas empresas poderão ser especialmente afetados.

Se as grandes empresas já estão mais rotinadas com entradas e saídas de novos colaboradores, para uma pequena empresa a ideia de perder os melhores membros das suas equipas para outros locais de trabalho que respondam a estas novas necessidades pode ser bem mais grave.

Portanto, tome nota: Assegure que os valores do local de trabalho, e em especial os dos gestores, se alinham com esta nova realidade.


2 – Pensar em grande para ser grande

De forma a que o próximo ano seja um sucesso, é imperativo que os pequenos negócios adotem os sistemas e processos das grandes empresas. Em especial, adotar automatizações e estruturações da sua empresa como sendo maior do que é. Isto permitirá também uma maior expansão caso o seu negócio se torne viral.

E falando em viralidade, não se deve subestimar o poder das redes sociais e do marketing através de influencers. Aqui, plataformas como o Instagram e o TikTok podem ajudar pequenos negócios a contar a sua história, aumentando a notoriedade da empresa.

Dica: Influencers, tanto grandes como pequenos, fortificam a história adicionando relevância e testemunhos. Mas para decidir com quais trabalhar, verifique primeiro se os valores e o público alvo do Influencer se coadunam com os da sua empresa.

Do mesmo modo, esta maior exposição pode ajudar também no recrutamento.

Manter uma cultura empresarial com propósito, valores e normas claras e transparentes ajudará a atrair o talento certo num mercado cada vez mais escasso. E se na sua empresa já estiver a abraçar o trabalho remoto, porque não ponderar ultrapassar as barreiras físicas e procurar talento pelo mundo fora?

Além da vantagem competitiva, a sua empresa sairá beneficiada pela simbiose de culturas diferentes que poderão cultivar entre todos.


3 – O mundo digital veio para ficar

Muito longe está a ideia que os computadores e a internet são uma moda transitória. Atualmente, é claro que não só o digital é uma realidade do dia-a-dia, como as empresas que demoram a adotar novas práticas associadas ao digital não são de longe tão prósperas quanto as que abraçam a inovação.

Dica: Em especial, o marketing digital, a automação e uma cada vez maior atenção ao cliente atual são cruciais pela sua eficiência, baixos custos e tempo despendido.

Inegavelmente, o digital não irá substituir o toque pessoal, mas tem provado ser um método consistente de alcançar uma audiência mais ampla. De destacar aqui a necessidade de fazer o aproveitamento máximo das ferramentas da Google. Seja em termos de otimizações de motor de busca, anúncios com a plataforma Google Ads ou uma página para o seu negócio na Google My Business.

E aqui queremos sublinhar algo que pode aproveitar: manter uma presença digital forte é algo que várias pequenas empresas ainda descuram, portanto há espaço para a sua marca fazer a diferença. Será 2022, o ano de transformação na sua empresa?

Mais sabemos que o sucesso nos próximos dez anos será direcionado pelo uso e aproveitamento do digital e das tecnologias da cloud. Sobretudo, também, pela necessidade de ir ao encontro das tecnologias que o seu consumidor usa. Atualmente será Teams, Twitter entre outras, mas quem sabe quais serão dentro de três anos. Será o Metaverso – nessa altura – um universo cada vez mais iminente?

Mas voltemos novamente a 2022 e às tendências nas empresas

Outra tecnologia a subir em popularidade, é o vídeo. Com a transmissão de vídeo de alta qualidade cada vez mais comum, é necessário abraçar o seu uso, seja síncrono ou assíncrono, de modo a interagir e captar a atenção de clientes e parceiros.

No caso dos seus colaboradores, adotar o vídeo como ferramenta de apoio ao trabalho híbrido (tendência que veio para ficar) irá permitir ter uma equipa multigeracional altamente eficiente, basta pensar no poder que o vídeo traz a uma comunicação assíncrona.

E parece que, de novo, se comprova: o desafio para o próximo ano está no equilíbrio entre vida pessoal e profissional. Quanto melhor, mais a sua empresa está preparada para o futuro.

Mas para isso acontecer, os gestores precisam de dar o exemplo e de ter tempo. Para se dedicarem ao que importa, para se concentrarem no necessário. E é aí que podemos recomendar um software de gestão como o ARTSOFT para o ajudar. Vamos começar?

Gostou do nosso artigo sobre tendências nas empresas em 2022? Partilhe-o com os seus colegas.


Para quando estiver preparado para ponderar um ERP, conheça:

ARTSOFT Professional – O Software ERP para Pequenas e Médias Empresas em Portugal

Este software de gestão é uma resposta completa para todos os departamentos da empresa.

Pensado especificamente para a maioria das PMEs que assentam em processos de alta flexibilidade, esta solução permite o controlo total sobre a empresa, habilitando-a a uma ferramenta que pode ser utilizada e parametrizada para todos os profissionais, desde as equipas operacionais até aos CEO, CTO, CFO, CMO, etc.

Com este software de fácil utilizaçãointuitivo, a sua empresa estará apta para responder a todas os desafios de gestão.

Aliada a isso, está também a segurança de lhe ser atribuído um parceiro próximo, que poderá recorrer para um suporte totalmente personalizado.


Está a ponderar adquirir um ERP? Download gratuito do e-book Guia do Comprador de ERP!

Tem uma Empresa e está a ponderar comprar um software ERP? Não sabe por onde começar? Nós ajudamos. Neste e-book pode conhecer:

• Como organizar os requisitos para solicitar informações? Como consultar o mercado?
•Que tipo de questões deve fazer à software house ou consultoras do ERP?
• O que deve ter em atenção no momento de decidir? Como analisar?

Aceda aqui ao e-book.

NOVO E-BOOK GRATUITO
Como analisar o investimento num ERP?

Subscrever newsletter

Receba no seu e-mail notícias e novidades do software.

    Saiba como tratamos os seus dados. Consulte a nossa Política de privacidade.

    VOLTAR AO BLOG E NOTÍCIAS
    Covid-19 icon

    Covid-19

    A crise que vivemos será ultrapassada com a força de vontade e paciência de todos. Estamos todos juntos na luta contra a COVID-19. Na ARTSOFT faremos todos os possíveis para apoiar os nossos colaboradores, parceiros e clientes.

    Saiba mais

    Este website não é compatível
    com o seu browser atual

    Para aceder a artsoft.pt com total compatibilidade
    pondere atualizar o seu navegador web para uma versão superior.


    Aviso para utilizadores ARTSOFT: Se encontra dificuldades em aceder a esta página web a partir do ARTSOFT siga os seguintes passos.


    1. Certifique-se que tem no seu sistema operativo um browser recente. Se estiver a utilizar o Internet Explorer (IE) da Microsoft, recomendamos a atualização para o EDGE.

    2. Atualize o seu ERP para a versão 21 (lançamento em março de 2021) ou versões posteriores a esta data.

    3. Limpe a cache do browser que tem configurado no seu sistema operativo. Poderá agora consultar artsoft.pt com total compatibilidade.