A+ A A-

Observatório Artsoft: Os highligths que destacamos para clientes e parceiros - Dezembro

Os highlights das principais notícias sobre o país, as tendências que importam saber ao sector empresarial e tecnológico, ou as informações que o poderão ajudar a tomar melhores decisões, estão aqui.
Mantenha-se atualizado, mantenha-se em movimento. 

capa observatorio dezembro

DEZEMBRO À LUPA

• Banco de Portugal espera a continuação da retoma; • Publicidade digital superou a TV em 2017; • As ameaças que 2018 traz para a segurança de dados da sua empresa.


 

Banco de Portugal espera a continuação da retoma nos próximos anos

"A instituição reviu em alta as suas previsões para o crescimento e espera a continuação da retoma, mas antecipa um abrandamento e avisa que há fragilidades estruturais que não podem ser ignoradas." Observador

Em traços gerais:derrama moderada 2018 artsoft

Segundo o Banco Central, o investimento e exportações  conduzirão a economia portuguesa à retoma, ainda que seja de uma forma moderada. A perspetiva é de recuperação até à média da zona euro. A instituição prevê que a economia cresça 2,3% em 2018, abrande novamente para 1,9% em 2019 e volte a abrandar em 2020, registando na altura um crescimento de 1,7%.

No entanto, há fragilidades estruturais que persistem e têm de ser resolvidas, nomeadamente a correção dos grandes desequilíbrios macroeconómicos como a redução do endividamento público e privado, ou a elevada percentagem de trabalhadores no desemprego (longa duração), avisa o Banco de Portugal.


 

Publicidade digital supera publicidade na TV já em 2017

“Pela primeira vez na história dos meios de comunicação, o volume investido em publicidade na Internet vai superar o volume de investimentos em publicidade televisiva."  Exame Informática

Em traços gerais:publicidade digital 2018 artsoft

Segundo um estudo feito pela Magma, empresa de análise de mercado do IPG MediaBrands, a viragem do mercado mundial de publicidade já aconteceu este ano, com o investimento em suportes digitais a expectarem atrair cerca de 209 mil milhões de dólares em todo o mundo, ao contrário da TV com 178 mil milhões de dólares.

Trata-se de uma fatia de 41% já, com a TV a rondar os 35% de quota de mercado. Em 2018 a diferença será ainda mais notória, enquanto que a publicidade na TV terá um crescimento de 2,5%, os suportes digitais deverão registar um crescimento de 13%. Portugal naturalmente, não irá fugir à regra.

 


 

São cinco as principais ameaças que 2018 traz para a segurança de dados da sua empresa

A Computerworld destaca cinco ameaças que as empresas devem ter em conta já no próximo ano. Porque é que isto importa? Segundo relatório da Ponemon Institute, o custo médio de fuga de dados empresariais é de 21,1 mil dólares por dia. Um valor que merece alguma atenção!  ComputerWorld

Em traços gerais:ameacas tecnologicasl 2018 artsoft

De fugas de dados à engenharia social, de equipamentos desatualizados ou interferência nos pontos wi-fi ou mesmo às perdas de equipamento, há que encarar os factos: A segurança dos dispositivos móveis dos colaboradores está no topo da lista de preocupações de cada empresa hoje em dia, e por uma boa razão: quase todos acedem a dados das organizações em smartphones!

No artigo poderá conhecer algumas sugestões recomendadas para controlar as ameaças descritas. A propósito de segurança, relembramos também aos nossos parceiros a nossa formação e-learning em Segurança e Auto Update  do ARTSOFT.